Yoga e seus benefícios para a saúde da mulher

Nós mulheres passamos por grandes alterações hormonais durante a vida, que refletem diretamente em nosso corpo e saúde. Diferentes fases da vida geram diferentes necessidades e cuidados, a começar com o inicio da vida fértil, passando pela gravidez, a pré menopausa e menopausa A prática do yoga de forma geral colabora no equilíbrio hormonal feminino, influenciando positivamente na saúde da mulher em cada uma dessas fases. Além de claro, melhorar o condicionamento físico, aumentar a força e a flexibilidade, facilitar a respiração plena, e acalmar a mente. Pode ser ainda um facilitador na inclusão de hábitos gerais mais saudáveis.

Alguns benefícios da prática regular do yoga incluem:

  • Alívio dos sintomas da TPM

Nos dias que antecedem a menstruação, experienciamos alterações hormonais consideráveis que podem gerar ansiedade, causar irritabilidade, e alterações de humor, a famosa TPM. Já durante a menstruação, as cólicas e desconfortos são comuns. A pratica do yoga aumenta os níveis de endorfina, acalma o sistema nervoso central e aumenta o fluxo de sangue oxigenado para os órgãos reprodutivos, o que alivia o acúmulo de líquidos que causam inchaço. A respiração profunda exerce papel fundamental pois aumenta o fluxo de oxigênio para os tecidos, diminuindo desconfortos provocados pelas cólicas. Também alivia o estresse, amenizando ainda mais os sintomas gerais da TPM.

  • Aumento da fertilidade

Melhora a ovulação e o equilíbrio hormonal devido a redução dos níveis de estresse. Favorece também a libido, e turbina a fertilidade com o aumento da circulação sanguínea para os órgãos reprodutivos. Através da geração de estamina, e do controle dos músculos da região pélvica, pode ainda potencializar o prazer feminino.

  • Contribui com uma gravidez mais saudável e feliz

A prática específica para gestantes as beneficiam em diferentes momentos, e no geral as ajudam a ter uma gravidez menos desconfortável. Os asanas (posturas físicas) aumentam a força, flexibilidade e resistência física, agentes facilitadores do parto. Queixas comuns como dores nas costas podem ser amenizadas devido ao fortalecimento da lombar, e alinhamento da coluna. O relaxamento advindo das posturas físicas, somados às técnicas respiratórias, reduzem a ansiedade, ajudando a mamãe a dormir melhor e a manter-se mais serena e confiante, também durante o parto.

Também contribui com o pós parto, visto que fortalece a musculatura pélvica e os músculos das paredes abdominais, facilitando e agilizando na recuperação da forma física.

  • Alivia os sintomas da menopausa e pré- menopausa

Enquanto a menopausa se refere ao momento em que a menstruação acaba, a pré menopausa corresponde ao seu período de transição, que pode se estender por anos. Durante esse período flutuações nos níveis de estrogênio e progesterona geram sintomas como as ondas de calor, fatiga, alterações do humor, insônia e depressão.

Práticas específicas como o Yin Yoga, pranayamas (técnicas respiratórias), e yoga nidra (relaxamento guiado) ajudam a controlar os indesejados sintomas descritos acima. Posturas restaurativas em particular, ajudam a relaxar o sistema nervoso e melhorar o funcionamento do sistema endócrino (hipotálamo, glândula pituitária, tireoide e paratireoide) ajudando o corpo a se adaptar à tais flutuações, contribuindo com a melhora da qualidade de vida da mulher.

Cuide de seu corpo, que é seu templo. Conecte-se com sua mente e emoções, conheça-se. Pratique yoga!

 

 

Referências bibliográficas:

Yoga Mind, Body and Spirit, by Donna Farhi
The Woman’s Book of Yoga and Health: A Lifelong Guide to Wellness, by Linda Sparrowe and Patricia Walden